Projeto Rondon


PROJETO RONDON – SELEÇÃO DE ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO

Operação “Rondônia Cinquentenário” e Operação “Serra do Cachimbo”, de julho de 2017.

Reunião seletiva:

Dia: 07/10/2016 (sexta-feira) às 12 horas

Local: Centro de Eventos “Salas Aroeira e Pitangueira”, UFSC – Campus de Florianópolis.

 

 

Primeiramente, orientamos para que os interessados leiam com atenção o EDITAL N° 80/2016 do Ministério da Defesa, publicado no site do Projeto Rondon (www.projetorondon.defesa.gov.br).

Para esta reunião seletiva, deverão trazer de forma impressa em papel A4, com espaçamento 1,5 e fonte Times New Roman, o seguinte:

1) Uma proposta individual de ações de trabalho que poderão ser desenvolvidas para o conjunto “A”, que abrange as áreas temáticas: Cultura; Direitos Humanos e Justiça; Educação; e Saúde, e outra para o conjunto “B”, que deverá atender as áreas temáticas: Comunicação; Meio Ambiente; Tecnologia; e Produção; e Trabalho. Veja detalhes das ações nos itens 5.6 e 5.7 do referido Edital.

2) Descrição das características de um município que gostaria de atuar dentro aqueles apresentados nos itens 7.1 e 7.2 do Edital. Incluir dados demográficos, geográficos, históricos, sociais, econômicos, educativos e de meio ambiente desse município e região, incluindo, brevemente, o Estado onde será desenvolvida a operação.

Importante: a presença, a entrega individual dos documentos acima de forma impressa, incluindo uma ficha de cadastro que será entregue e preenchida no dia da reunião, é condição para a seleção nesta primeira etapa dos alunos que estudam no campus da UFSC em Florianópolis. Os alunos de outros campi (Araranguá, Blumenau, Curitibanos e Joinville) poderão enviar o material por e-mail (projeto.rondon@contato.ufsc.br), até o horário da referida reunião seletiva.

Os requisitos básicos para se candidatar a uma vaga no concorrido processo são:

  • Ser aluno de graduação da UFSC e estar cursando a segunda metade do curso, com preferência para os últimos semestres;
  • Ter ótimo currículo (histórico, IAA, estágios, monitorias etc.);
  • Ter disponibilidade de horário para elaborar e realizar o projeto; e
  • Ter boa saúde, ser uma pessoa participativa e ter espírito arrojado.

Coordenador do Projeto Rondon na UFSC, Prof. Alcides Milton da Silva

E-mail: alcides.milton@ufsc.br

Departamento de Saúde Pública (SPB)

Centro de Ciências da Saúde (CCS)

______________________________________________________________________________________

Nos dias 23, 24 e 25 de setembro de 2015, a UFSC sediou o II Congresso Nacional do Projeto Rondon.

O evento teve como objetivos aprimorar as operações e seus indicadores, criar instrumentos de orientação aos docentes na condução e coordenação das operações, consolidar e compartilhar conhecimentos e divulgar o Projeto Rondon.

Participaram do congresso cerca de 300 pessoas entre apoiadores e entusiastas do Projeto Rondon (futuros e rondonistas de todos os tempos, estudantes e professores universitários) incluindo militares e toda a sociedade civil.

Os trabalhos foram apresentados nas formas de pôsteres e apresentações orais e contaram um pouco das valiosas participações dos alunos e das instituições de ensino superior no Projeto Rondon, oportunizando debates que realçaram seu passado, presente e projeções para o futuro . Alguns destes trabalhos foram selecionados e fazem parte deste número especial da Revista Extensio . Por meio deles será possível realizar um mergulho nas mais diversas vivências rondonistas pelo país.

Para ler os artigos selecionados, clique aqui.

_______________________________________________________________________________________

Em maio de 2014, o Projeto Rondon lançou sua Revista Mundo Rondon. A primeira edição divulga os trabalhos realizados no ano de 2013, onde grande parte dos textos foi redigido pelos próprios rondonistas.   Acesse Mundo Rondon.

_______________________________________________________________________________________

Projeto Rondon

 O que é?

O Projeto Rondon, coordenado pelo Ministério da Defesa, é um projeto de integração social que envolve a participação voluntária de estudantes universitários na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e ampliem o bem-estar da população. É realizado em parceria com diversos ministérios e tem o apoio das Forças Armadas, que proporcionam o suporte logístico e a segurança necessários às operações.

Conta, ainda, com a colaboração dos governos estaduais, das prefeituras municipais e de empresas socialmente responsáveis.As ações do projeto são orientadas pelo Comitê de Orientação e Supervisão do Projeto Rondon, criado por Decreto Presidencial de 14 de janeiro de 2005. O COS, como é conhecido, é constituído por representantes do Ministério da Defesa, que o preside, do Desenvolvimento Agrário, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Educação, Esporte, Integração Nacional, Meio Ambiente, Saúde e da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Objetivos

  • Contribuir para a formação do universitário como cidadão.
  • Integrar o universitário ao processo de desenvolvimento nacional, por meio de ações participativas sobre a realidade do país.
  • Consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais.
  • Estimular no universitário a produção de projetos coletivos locais, em parceria com as comunidades assistidas.

O que faz o Projeto Rondon?

Os “rondonistas”, como são chamados os professores e estudantes universitários que participam do projeto, realizam atividades concentradas nas áreas de Comunicação; Cultura; Direitos Humanos e Justiça; Educação; Meio Ambiente; Agropecuária; Saúde; Tecnologia e Trabalho. Em cada município escolhido são selecionadas, através de edital, duas Instituições de Ensino Superior (IES) para desenvolverem atividades dos projetos elaborados pelas equipes.As equipes trabalham no município durante duas semanas e, após treinamentos de cerca de dois dias, na capital do estado onde irão atuar.

Assista o vídeo institucional.

 

Participações da UFSC

  •  2017
    • Operação Tocantins – Natividade – Tocantins
  • 2016
    • Operação Forte dos Reis Magos – Pedro Velho/Rio Grande do Norte
  •  2015
    • Operação Mandacaru – Baturité / Ceará (assista o vídeo)
    • Operação Itacaiúnas – Araguatins/Tocantins (assista o vídeo)
  •  2014
    • Operação Velho Monge – Alto Longá / Piauí (assista o vídeo)
    • Operação Guararapes – Pedras de Fogo / Paraíba (assista o vídeo)
  • 2013
  • 2012
  • 2011
    • Operação Rio dos Siris – Ilha das Flores / Sergipe
    • Operação Seridó – Florânia / Rio Grande do Norte
    • Operação Zabelê – Picos / Piauí
  • 2010
    • Operação Mamoré – Vale do Anari / Rondônia
    • Operação Catirina – Igarapé do Meio / Maranhão
    • Operação Centro-Nordeste – Ichu / Bahia
  • 2009
    • Operação Nordeste-Sul – Restinga Seca / Rio Grande do Sul
    • Operação Centro-Norte – Monte Alegre / Pará
    • Operação Centro-Norte – Rio Preto da Eva / Amazonas
  • 2008
    • Operação Inverno 2008 – Tomar do Geru / Sergipe
    • Operação do Xingu – Uruará / Pará
    • Operação Grão-Pará – São Caetano de Odivelas / Pará
    • Operação Grão-Pará – Joaquim Pires / Piauí
  • 2007
    • Operação Centenário da Comissão Rondon – Vitória do Jari / Amapá
    • Operação Amazônia Oriental – João Lisboa / Pará
  • 2006
    • Operação Amazônia 2006 – São Gabriel da Cachoeira / Amazonas
  • 2005
    • Operação Amazonas 2005 – São Gabriel da Cachoeira / Amazonas